Meus papagaios...

domingo, 23 de março de 2014

Vamos fazer um FILME de Buracaju?!

O Núcleo de Produção Digital Orlando Vieira (NPDOV), unidade da Secretaria Especial de Cultura (SEC/Funcaju), lançou na noite de quarta-feira, 19, o edital do Prêmio Mário Cabral. O concurso, que comemora o centenário de nascimento do escritor aracajuano, visa estimular a produção e difusão audiovisual e terá como tema "Roteiro de Aracaju", título de um dos livros de autoria do homenageado.
De acordo com a diretora da unidade, Rosângela Rocha, este é um edital comemorativo de aniversário da cidade. "Mas ainda este ano estaremos lançando outro edital, além de promovendo oficinas com o apoio do Ministério da Cultura", destacou. Segundo ela, o objetivo é incentivar a aproximação com a televisão, bem como para desenvolver roteiros para web séries, animação e outras produções audiovisuais.
A noite, que teve direito a pipoca e refrigerante, contou com a exibição do documentário "Descobrindo Cabral". Produzido pela equipe do NPDOV, o vídeo reúne depoimentos de familiares e amigos sobre Mário Cabral e o seu legado para a cultura aracajuana e também do Estado. Dentre os seus feitos, a fundação do Sergipe Jornal com o jornalista Paulo Costa e o livro "Roteiro de Aracaju", onde descreve cada recanto da cidade, aguçando os leitores para que conheçam da capital sergipana.
Após o vídeo-documentário, outros curtas foram exibidos: um videoarte com um minuto de duração e dois curtas - "10 Segundos" e "O muro é o meio" - que foram Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC), de alunos de audiovisual da Universidade Federal de Sergipe (UFS). "Este edital é uma oportunidade que abre portas para que outros aconteçam", declarou Jade Moraes, coordenadora de produção do núcleo.
A vice-presidente da Fundação Cultural Cidade de Aracaju (Funcaju), Aglaé Fontes, considerou a noite bastante agradável e de conhecimento. "Vimos hoje aqui a importância que tem um documentário em abrir janelas do conhecimento, pois aprendi muito com os jovens aqui presentes, com os trabalhos que tiveram a oportunidade de exibir. Todos estão de parabéns", destacou, aproveitando para convidá-los para o sarau em homenagem a Mário Cabral, que será realizado pela Escola de Artes Valdice Teles, a partir das 16h do dia 26, data de nascimento do escritor.

Prêmio - Com valor total de R$ 5 mil, o Prêmio Mário Cabral premiará os três melhores vídeos: R$ 2,5 mil ao primeiro lugar (melhor animação), R$ 1,5 mil ao segundo (melhor ficção), e para o terceiro R$ 1 mil (melhor documentário). A entrega da premiação dos contemplados será feita no dia 5 de junho deste ano, quando ocorrerá a exibição dos vídeos na "Mostra Aracaju".

As inscrições serão abertas no dia 31 de março e prosseguem até 4 de abril. Os trabalhos deverão ter de um a três minutos de duração. Um dos pré-requisitos é que os diretores deverão obrigatoriamente ser sergipano ou residir na cidade de Aracaju há no mínimo um ano.


Fonte: Site da PMA

Então, vamos fazer esse curta?! Estou super afim...

Xerus...

sábado, 15 de março de 2014

Pisa macio...Só os fortes entenderão.

Aqui no Aracajuada não vou falar só de minhas experiências gordísticas, existem e acontece tanta coisa boa aqui que seria sacanagem não compartilhar também os prazeres dos ouvidos... Em meio a tantos prazeres da boca, concorda?!
Hãn?! Mas hein?! Vou tentar argumentar... Não é só de prazeres da boca que se vive bem... Existem os prazeres dos ouvidos, dos olhos, do nariz... Do corpo TODO rs sempre que ‘mim’ tiver oportunidade te revelarei tais prazeres e você há de gostar... Sim, você vai gostar... Sem delongas e adiante com os devidos esclarecimentos.
Já tomou pisa-macio?! Recomendo a ressaca.
Já ouviu The Baggios?! Recomendo o prazer...
Não sabe o que é pisa macio?
“Pisa macio, é uma cachaça, uma misturada inventada por Sr. João Santa Rosa, que é um barbeiro conhecido na cidade alta,na sua barbearia não cortava só cabelo e barba,também vendia cachaça e o famoso pisa macio. A expressão ‘Pisa macio’ na realidade surgiu como referencia ao caminhado de uma pessoa da cidade, que por sinal, não gostava que o chamasse assim,o pisa macio tem até uma musica em sua homenagem,a musica é da banda Sancristovense "The Baggios", o nome da musica é pisa macio interestelar. A mistura é forte, se bebe gelado! [fonte: http://coisasdesaocristovao.blogspot.com.br/]”
Também não sabe o que é The Baggios?!
The Baggios é uma banda de blues-rock, formada em São Cristóvão no ano de 2004. A banda tem a peculiaridade de ser formada por apenas dois integrantes: atualmente Julio Andrade (guitarra e voz) e Gabriel Carvalho (bateria). Mistura ritmos tradicionais, como o blues, passando pelo rock sessentista e ao garage rock. Com identidade própria, discurso totalmente enraizado com as questões de sua época e de sua gente, e letras que falam diretamente ao público.
A The Baggios foi formada em 2004 por dois amigos de infância: Lucas Goo, na bateria, e Julio Andrade, na guitarra e voz. Essa formação durou até março de 2006, quando Lucas deixou a banda para estudar na Suiça, sendo substituído por Elvis Boamorte. Em 2008 a bateria passa por mudanças mais uma vez e Gabriel Carvalho é convidado a entrar na banda, assumindo o posto de baterista desde então.
O nome da banda surgiu em homenagem a um músico andarilho da cidade histórica de São Cristóvão; um artista que influenciou uma geração inteira de jovens locais e que ficou conhecido como Baggio, depois de sucumbir à loucura.
Com três EPs e dois álbuns lançados, a dupla sergipana é tratada pela mídia como uma das principais bandas de rock da cena independente atual. Com sete turnês nacionais e apresentações em mais de 25 cidades do país, a The Baggios acumula em seu currículo shows em grandes festivais (como a Virada Cultural de São Paulo, em 2013), e aberturas para shows de bandas como Paralamas do Sucesso, O Rappa, Marcelo D2, Otto, Vanguart e Manu Chao.

Seu álbum de estreia, "The Baggios", recebeu dezenas de críticas nacionais e internacionais, como no jornal O Globo” e “The Guardian”, além de marcar presença em várias listas como um dos principais lançamentos daquele ano. Tiveram três clipes veiculados nos canais VH1, MTV, Multishow, e concorreram ao Prêmio Dynamite na categoria “Melhor Álbum de Rock”. [fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/The_Baggios]

Para mais informções: blog da banda: http://www.thebaggios.com.br/blog/
Baggios no Toque no Brasil: http://thebaggios.tnb.art.br/


É isso aí... Boa musica!!

Xerus

quarta-feira, 12 de março de 2014

Em terras de ceboleiro, formiga anda mesmo é de moto vermelha.

Diz as mães mais zelosas ATÉ HOJE... Menino, não aceite doces de estranhos!!
Vou ser sincera que isso pode não funcionar comigo, no passado tudo bem, mas hoje blá blá blá ... Conhece a história de João e Maria que encontravam uma casa na floresta TOOOODA feita de doces?! Eu te digo que uma casa feita de doce não tenho conhecimento de existir, mas uma casa que tem doce para tudo que é lado eu tenho pleno conhecimento e sei onde fica!!
Estou falando da ‘Fabrica de Doce Caseiro’ lugar divino, maravilhoso, onde se faz todo tipo de doce – os melhores por sinal – você pode apostar!! Um caminho no qual João e Maria com certeza não se perderiam.
Então, vamos falar do que interessa?! 
DOCES!! \o/ 
Vamos lá... temos as modalidades: doce em pasta/cremoso, ou seja lá como você queira, em calda ou compota e os cristalizados... Aí eu começo com o de jenipapo pastoso e cristalizado, seguindo para o de tamarindo pastoso, também, que na verdade não é tão doce estando mais para um ‘doce azedo’ super delicioso, doce de mangaba em calda, de leite em todas as versões possíveis, COCADAS no mesmo nível do doce de leite e mais ainda cocadas feitas em versões com mistura de frutas como por exemplo goiaba... divina.
Dos doces em calda que ainda não provei lá tem: de cereja – ODEIO CEREJA por isso nunca vou provar esse doce, doce de anis, goiaba e banana – são os basicões em termos de doce em calda, super tradicionais só por isso ainda não provei, abacaxi, figo – não odeio - mas também não gosto, já pelo doce de pêra tenho certo preconceito... tenho por mim que será parecido com o de mamão verde que não tem gosto, já de figo não gosto e pronto e não sei explicar o motivo – simples assim: não gosto... 
O doce de acerola creio que será como o doce de mangaba por conta dos caroços, mas tão bom quanto; o de carambola entra no nível do doce de pêra e mamão... 
Doce de jaca é tudo de bom, - FORMIGAS ZUMBI LEVANTEM E ANDEM!! 
Doce de kiwi com certeza vai ser o da próxima vez... Ahhh tem o doce de batata-doce!! E o pudim de leite... Gente... Minha gente... Pessoas O PUDIM DE LEITE É MUITOTUDOSUPERMEGAULTRAPOWERPUXAPUXA DE BOM!!!  
Bolinhas de queijo em caldas, hmmmmmm morrrrrrra de diabetes!!!
Tem bolachinhas de goma, queijadas extremamente maravilhosas,  cocada branca, morena, do tipo baiana – aquela com o coco em pedacinhos, mole ou de colher.  Gzuiz é muito doce... Tudo DETOX livres de radicais gordísticos... Enfim... com certeza esqueci de algum o que faz te dá vez a deixa de dica de ir fazer o caminho das formigas para a ‘terra dos ciboleiros’ - nooooossa agora me senti uma 'Paula Coelha' e vou te falar... por muito pouco essa ultima frase não será o titulo da postagem kkkkkkkk. 
Abstraia e foco na glicose!! O caminho é uma reta no sentido saindo de Areia Branca indo pra Itabaiana, quando você for seguindo é só prestar atenção numa casa que tem pintado na fachada Doce Caseiro e para ser mais precisa o endereço é BR 235 Km 40 – Povoado rio das Pedras e o  telefone: 79 3288-5213.
De topic é só falar com o motorista que se não me engano tem um ponto quase na frente.
Se a época das formigas com asas demorar, que tal arrumarmos umas rodas para essas formigas?! Vou criar uma religião... o FORMIGUISMO. Precisarei de seguidores, posso contar contigo?! Vou esperar sua resposta, ok?!
PS.: só lembrei agora, depois de horas que postei... os valores!! preços!!
Lá tem uns potinhos descartáveis nos quais são vendidos os doces, o menor deve caber uns 100 gramas de doce e custa 4 méreis, o pote seguinte deve caber 250 gramas e custa 6 méreis, o penúltimo deve caber uns 500 gramas por 8 ou 10 mereis  juro que não lembro e tem o tamanho imenso que deve caber 1 ou 2 kilos não sei precisar que sai por 25 méreis.
As cocadas do tipo baiana são 3 por 2 méreis. É isso.

Xerus.

terça-feira, 11 de março de 2014

Orelha de elefante não!!

Tu deves saber o que é tapioca, né? 
A Wikipédia diz: 
A tapioca, também conhecida como beiju, é o nome de uma iguaria tipicamente brasileira, originária do Norte do país, de origem indígena, feita com a fécula extraída da mandioca, também conhecida como goma da tapioca, tapioca, goma seca, polvilho ou polvilho doce. O recheio varia, mas o mais tradicional é feito com coco e queijo coalho. Blá blá blá...
Agora antes dos finalmente, do real motivo, do foco... que é a intenção da postagem, te pergunto:
Você sabe o que é tapioca na modalidade ‘orelha de elefante’?!
Provavelmente não... Vou explicar... Quem já comeu, come ou comerá tapioca ruim vai me entender perfeitamente... Orelha de elefante é aquela tapioca feita com muita massa ficando grossa,o pior é que mesmo e ainda quente a miséra fica borrachuda, mas não é qualquer tipo de  borrachuda... É a borrachuda do mal... Conheço umas que dão até dor no maxilar na hora de comer... Tô falando sério!!! Olha que minto... Mas, só sobre coisas que não se pode comer kkkkkkkk ou pelo menos as que ‘mim’ não poder comer hehehe – despeito mora longe e só ando de ônibus... aí já viu a situação hein?
Tapioca... ahhh tapioca... Uma tapioca boa PRA MIM é aquela com massa na medida que fica macia, segura o recheio sem ficar BORRACHUDA, vou te contar um segredo... Até hoje tapioca perfeita pra mim só a feito na barraca do BETO E DE MARIA. Prove e me diga onde tem outra igual... parecida só se eu estiver com muita fome.
Ahhh você nem sabe de quem tô falando?! Tuuuudo bem. Beto e Maria possuem uma barraca que fica permanente – não sei se essa é a palavra certa - mas, com isso eu quero dizer de segunda a sexta – das 10h as 19h na praça da catedral no centro da cidade... é só catar a BARRACA DA TAPIOCA DO BETO E DE MARIA tu vai achar fácil fácil fica perto da galeria... no fundo... E dia de domingo- das 16:30h as 22h na feirinha da praça Tobias Barreto no bairro São José, perto do hospital São Lucas, colégio Patrocinio São José... Ahhh um detalhe... a praça atualmente está em reforma há muuuuito tempo, mas a feirinha continua acontecendo todo domingo em menor proporção, porém a proporção mais apreciada que pra mim são as barraquinhas de gordices - rs na rua que fica do lado do colégio Patrocínio São José – não lembro o nome – bem do lado da praça.
Então, já dei o mapa do tesouro né?! Agora, aqui vai as minhas sugestões para divina experiência degustativa da tapioca do Beto e de Maria, as minhas prediletas são: a clássica com recheio de manteiga e queijo – sempre coalho – essa é a número 3 do cardápio, a de manteiga, banana assada com leite condensado – número 36, vale pedir pra caprichar no leite – fica a dica – outra clássica é a de manteiga, queijo e coco ralado... Tem café sempre super quente como mim gostar e refrigerante gelado – lata, 600ml, 1l e 2l – cervejas e nunca perguntei por sucos – sempre vou de café preto e vou te falar que só agora digitando me veio ao pensamento, o café é servido já adoçado e eu nunca reclamei... logo, a quantidade de açúcar também é PERFEITA nem muita, nem pouca. Mais um ponto a favor. Uhuuu!! Os valores  das tapiocas vão da mais simples de 2,50 méreis a 10 méreis as salgadas e de 5 méreis a 8 méreis as doces, café de 0,50 centavos a 1,50 méreis.
São mais de 50 tipos de recheios...  Ahh como sei que são mais de 50 tipos de recheios?!  É tudo bem organizado no cardápio e bem simples, caso queira você ainda pode pedir para fazer algumas modificações... Meu companheiro de comilança sempre ‘inventa’... GORDOS sempre inventam... kkkkkkkkkkk A turma é super gente fina no atendimento.
Né Kjota?! Cheio das maricagens afffe... É claro que não chega aos pés do Carniça e do seu  gosto extremamente duvidoso, pra não dizer: péssimo, ruim, horrível... ELE É FÃ DA TAL ORELHA DE ELEFANTE QUE TANTO ESCULACHO!!! Não é a toa que esculacho. Nem pedindo pelo sangue de gzuiz, nem mandando Jeová queimar, nem pedindo misericórdia, esse filha da mãe surdo, infeliz da costela oca... do Carniça melhora o gosto dele afffe... paciência...ou não!!
Aí, quando for comer tapioca manda um zap zap preu ir também. Combinado?!
Xerus.

sábado, 8 de março de 2014

Sorvete de Amora.



Sorveteria Vi-Sabor, deve existir há uns 50 anos... só eu tenho mais de 30 e desde pequena minha mãe já dizia que frequentava rs
O que tem lá de bom fora TODOS os sorvetes gostosos que você pode pensar?!
Vou te contar sobre o que provei de diferente e que gostei, do que não gostei também rs... Sorvete de amora... muuuuito doce, mas como boa formiga que sou ADOREI e como sincera rabugenta de nascença é claro... que RECOMENDO tomar fazendo dupla com o sorvete de maracujá diga-se de passagem muuuito bom para o que deveria ser super ácido, não é!! Me disseram que por ser feito com leite. APROVADO!!
Pistache... não gosto... provei... continuo sem gostar afffe, massss, é muito recomendado pelos gostadores do sabor... já o sorvete de banana caramelada é tudo de bom, pra mim seria o carro chefe de lá e o de castanha hmmm são muito demias de bom!!
Não gostei do de morango... achei muito artificial... sei lá... outro dia tiro a prova... chocolate, pavê e umbu, foram os da vez na ultima ida.
Mas, posso garantir que é o melhor sorvete de mangaba da cidade, há muito tempo que provei o sorvete de coco não sei se ainda fazem... Por que falei do sorvete de coco?! Horas se você nunca saboreou um bom sorvete de coco não adianta tentar explicar... Sorvete de sapoti, graviola... fala aí um sabor!! Provavelmente lá tem.
Ahhh tem umas tortas geladas lá que se você consegui um espaço no estômago digo que prove... ou compre para comer em casa... não lembro de sabores em especifico pois nunca são minhas vitimas ou meus alvos quando vou lá rs, masss, fica a dica.

A sorveteria Vi-Sabor que sempre vou fica na Avenida Augusto Maynard, 77 no São José o telefone de lá, (79) 3211-1102...  é um lugar espaçoso, tranquilo,  super legal para bater um papinho sem pressa, sem compromisso e é claro com bastante prazer, há outras sorveterias... 2 mais se não me engano... no Salgado Filho na Avenida Francisco Porto e outra na Orla... essa ultima não posso confirmar.
Quando for tomar sorvete me convite, eu vou gostar de conversar com você.
Xerus.

sexta-feira, 7 de março de 2014

Uma pizza na churrascaria.



Pois é, foi isso que fiz outro dia... Fui comer uma pizza numa churrascaria. Simmmm, pizza numa churrascaria rs... Diga se de passagem boa. Então, vou te contar como foi minha experiência na Churrascaria Pampa.
A primeira vez que fui lá há muito e muito tempo atrás teria sido para uma confraternização de fim de ano e para comer churrasco... que de tanto tempo nem posso dar meu testemunho rs deve ter sido bom ou eu tava com muita fome hehehe
Então, voltando para a experiência pizzalística... Começo por onde?! Pela pizza mesmo... massa boa, não é a mais saborosa que já comi... mas também não é o colchãozinho de pobre que o Carniça gosta afffe, quando Kjota me chamou pra provar juro que foi o que pensei que teria que comer uma leva de colchãozinho... nada contra os pobres e seus colchões, é só um jeito maldoso mesmo de esculachar o  gosto Carniça... mas traduzindo meu português, pizza com massa colchãozinho pra mim é aquela da massa alta, grossa, fofa que mesmo com um recheio generoso eu nunca vou gostar... perceba que não disse: nunca vou comer rs.
pizza portuguesa
A minha primeira vez na modalidade pizza na churrascaria, ahhh foi comer rodízio, aconteceu num domingo eu acho... já voltei lá umas outras 2 vezes depois dessa... sempre pro rodiozio... Estava meio deserto... tudo bem né?! Um domingo quase 21h queria o quê?! Por conta do pouco movimento o garçom veio com uma comanda com todos os sabores de pizza e pediu que marcássemos o queríamos... Em seguida serve um ótimo pãozinho de alho... um só não!! Dois... uns poucos minutos... mais dois pastelzinho fritos de carne hehehe me espaldei... não demorou e o garçom estende uma pizza com 2 fatias de cada sabor que escolhemos... eu me fiz e adorei a situação...sendo mais precisa havíamos marcado os sabores: marguerita, 3 queijos, bacon, portuguesa, milho com queijo, banana com açúcar e canela... vixi acho que to esquecendo alguma...abstraia...
 A de 4 queijos tem um dos queijos de búfala... não gostei.. não sei se esse tal queijo de búfala é o vilão da história... a de banana tava no ponto, madura e com açúcar na medida muito boa, a de marguerita com tomates maduros e manjericão fresco, a de bacon pro meu espanto quase não tinha o tal toucinho que tanto odeio... Bacon magia só o Kjota mesmo kkkkk. A portuguesa tinha ervilha do tipo fresca não era daquelas enlatadas... no quesito ovos tinha muita gema pro meu gosto... mas, gostei.
pizza de lombinho
Outro dia que fui mais movimentado comi a de lombinho e gostei... da primeira vez pedimos uma jarra de suco de laranja, acredito que era de 1 litro pelo menos... muito boa e sem gosto de laranja passada dessa pra pior... achei o valor razoável 12 méreis...
O valor do rodízio se não me engano foi 19 méreis... o lugar físico em si é grande e espaçoso, achei quente, apesar de haver ventiladores que estavam desligados... Gostei, valeu o que foi pago, com certeza voltarei...
Fica a dica. Mas se você quiser tirar a prova pessoalmente a Churrascaria Pampa fica na avenida Presidente Tancredo Neves, 3382 - e para qualquer dúvida tem esse telefone (79) 3217-6877.
Xerus.

Coxinharia ou um poema de Fernando Pessoa?!

‘Não sou nada. Nunca serei nada... ’  Acabo de ouvir essa frase de Sergio Groinsman e Antônio Abujamra e assim começo essa postagem... Que bom que agora consigo ver o programa Provocações, TV Brasil.
Mas não foi para falar do poema de Fernando Pessoa , Tabacaria, que fiz essa postagem.
Acabei de chegar da Coxinharia... É isso aí, vamos conversar sobre coxinhas... Mas não será sobre qualquer coxinha, recheada de frango e às vezes pateticamente acrescida de ‘catupiry’ blá blá blá...
Vou te falar das coxinhas da Coxinharia... É!! Coxinharia... Tem gente que ainda estranha quando falo isso.. Se tem pastelaria por que não coxinharia?! Ah tá... Abstraia... Vamos as coxinhas...
Gosto da massa das coxinhas de lá... é crocante por fora e cremosa por dentro... não vou ser hipócrita e dizer que não sinto saudades da coxinhas que serviam no inicio logo quanto abriram... Também não vou dizer que sempre estiveram 100%... altos e baixos acontecem em qualquer serviço... o bom é que a ‘CONSTÂNCIA’ [né Kjota?! - abstraiam a piada interna] na qualidade perdura...
 Hoje comi uma com recheio de carne de sol com queijo coalho e outra de morango com leite condensado... e já vou expor uma reclamação recorrente... GOSTARIA MUUUITO chegar na  Coxinharia e me deparar com a opção no cardápio de coxinha com recheio de banana com açúcar e canela e queijo... [até o fim desta postagem vou repetir isso... vai que...]
Sim, agora vem você mero mortal comedor de coxinha da versão ultrasuperpowermegapuxapuxa normal do recheio de frango com variação no máximo com catupiry e me olha com os pequenos olhinhos estufados prestes a saírem da orbita malproduzida da sua caixa cefálica  e queixo levemente apoiado no teclado do PC e diz:
- COXINHA DE MORANGO COM LEITE CONDENSADO?!
Afffe...
Sim... Dos recheios doces  também tem: chocolate... serenata do amor... nutela [dizem que é muito boa, não posso recomendar...ODEIO NUTELA!!]
E volto a dizer... deveria ter recheio de  banana com açúcar e canela e queijo [mas não tem!!] posso ter esquecido algum recheio... esses são os que lembro assim de cara...
Ahhh tem as CRÁSSICAS que Kjota tanto gosta... a de coco com leite condensado que eu também gosto muito... mas prefiro a de morango e se tivesse, a com recheio de banana com açúcar e canela e queijo MIM IRIA GOSTAR MUUUUUITO MAIS rs e a de queijo que pra mim soa como um bolinhozão de queijo frito rs o que chega a ser a melhor parte da história  hehehe
Das salgadas que já provei e aprovo tem: calabresa com cheddar, carne do sol ou charque com queijo coalho, camarão, salmão com cream cheese, bacon...
Das que não provei AINDA tem: cordeiro, carangueijo, palmito, portuguesa, pizza, bolonhesa...
Ahh também tem as feijão com arroz: frango, frango com catupiry e frango com cheddar...
Tem também um bolo de chocolate beeem molhadinho numa calda de chocolate que atende ou é servido [como queira] pelo nome de negamaluca hmmmm que nem preciso dizer que recomendo né?
Enfim, refrigerante, suco só de lata e cerveja sempre geladíssima e se tivesse coxinha com recheio de  banana com açúcar e canela e queijo tudo seria mais que perfeito... ainda não é!!
Como ainda não é perfeito... soube que lá agora estão recebendo cartão de credito...
Valores?! A mais barata é de 3 méreis e a mais cara de 6 méreis... E não me importaria de pagar por uma coxinha com recheio de banana com açúcar e canela e queijo menos que 3 méreis kkkkkkk brincadeira... Mas, pagar mais de 6 méreis por uma coxinha com recheio de banana com açúcar e canela e queijo também não né?!
O lugar é legal para ir não só comer as coxinhas, mas para bater aquele papo cumzamigos, miguxos.. afetos, paqueras e até inimigos...falar da vida alheia é sempre muito divertido [coisa que não faço... em qualquer lugar... hehehe]  e no dia que tiver coxinha com recheio de banana com açúcar e canela e queijo EU IREI SÓ POR ELAS!! Enquanto isso, vou só pelas de morango, das de coco... e pelas de charque com queijo... e pela negamaluca... e a de serenata talvez pela de bacon... Sou sincera e realista.
Onde fica esse paraíso quase perfeito das coxinhas #SQN - pelo simples fato de não ter coxinha com recheio de banana com açúcar e canela e queijo ?!
Fica na rua Pedro Paes Azevedo, funciona das 18h as 23h de terça a domingo.
Qualquer dúvida é só ligar... 9844-0039
Ou catar a página no focebook...
E se gosta de poema, além das coxinhas eu recomendo a TABACARIA de Alvaro de Campos... Clique AQUI
Xerus

Ps.: quando comecei a digitar essa postagem eram mais ou menos 23h... a TV tava ligada.